Pular para o conteúdo

O que é o Número Guia do flash da câmera?

  • por

Conteúdo atualizado há 8 meses

Acredito que muitos ficaram se perguntando o que seria esse tal de Número Guia do flash depois de ter lido o post sobre uso do flash. Pois bem, aqui estou novamente falando sobre flashes e desta vez detalharei o que, afinal, é este número e como ele pode ser útil na sua vida.

Entender o Número Guia do flash (GN) pode fazer uma grande diferença na sua fotografia. Vamos pensar em um exemplo simples: imagine que o flash seja uma fonte de luz e o GP um medidor dessa luz. Quanto mais alto o valor do GN, mais longe a luz pode chegar.

Embora muitas câmeras modernas e flashes possuam modos que ajustam a exposição automaticamente, o Número Guia ainda do flash é uma ferramenta útil para aqueles que preferem ou precisam de mais controle manual sobre a iluminação de suas fotos.

Agora vamos aos detalhes técnicos para você entender como o flash funciona. Vou explicar de maneira bem didática e ainda dar algumas informações valiosas para você aproveitar o número guia do flash da melhor maneira possível.

foto de um flash para ilustrar o que é número guia do flash
Entenda por quê você precisa saber o que é o número guia do flash

Definição de Número Guia do flash

O Número Guia do flash (Guide Number) é o resultado da relação entre o brilho do flash e a distância dele do assunto principal da cena que desejamos registrar. Esse valor geralmente é encontrado nos manuais e até mesmo na própria caixa do flash.

E, para uma compreensão geral, o valor informado é sempre baseado em uma foto registrada em ISO 100. Portanto, quando o ISO é alterado, este valor também vai precisar de ajuste. Eu sei, muitos fotógrafos fogem para as colinas quando ouvem a palavra “matemática”, mas no modo manual esses cálculos são essenciais. A não ser que você prefira fotografar com flashes automáticos, claro.

Mas entenda: saber como o número guia funciona e como ajustá-lo pode melhorar exponencialmente a qualidade das suas fotografias. Então, que tal um cálculo simples para você guardar no bolso? Vamos lá… Existe uma fórmula simples, mas muito útil:

GN = F x M

No caso deste cálculo, F representa a abertura do diafragma (o brilho definido pelo F-stop) e M, a distância entre o flash e o assunto da foto. Se você souber como manipular essas duas variáveis, a luz das suas fotos estará sempre no ponto certo.

A abertura, o brilho e a distância são igualmente importantes. A abertura refere-se à abertura do diafragma da câmera, que controla a quantidade de luz que entra no sensor da câmera. O brilho é o resultado dessa luz, e a distância é quão distante o assunto deve estar do flash para uma iluminação adequada.

Ainda parece complicado? Aqui está um exemplo ilustrativo: suponha que o GN seja 100. De acordo com a fórmula, se o assunto estiver a 10 metros de distância, a abertura ideal seria f/10. Inversamente, se você quiser usar uma abertura de f/5, o assunto deve estar a 20 metros de distância. Isso demonstra como o GN, a abertura, e a distância estão interrelacionados.

Por que o número guia do flash é importante?

É uma pergunta justa! Quando você está tentando capturar aquele momento perfeito, o último detalhe que quer considerar é um número misterioso na parte de trás do seu flash, certo?

Primeiro, vamos ser claros: entender o Número Guia do flash pode realmente elevar suas habilidades fotográficas. É como ter um superpoder que poucos conhecem. A razão é simples: a iluminação pode fazer ou quebrar uma foto.

Você já tirou uma foto que parecia perfeita no visor, mas quando olhou depois, as sombras estavam todas erradas, ou talvez as faces estivessem superexpostas? O Número Guia é a chave para evitar esses problemas comuns. E gosto de resumir sua importância em três aspectos.

O livro do flash: aprenda técnicas para iluminar com flash e faça as fotografias que sempre sonhou

R$ 96,00
R$ 81,29
14 novos por R$ 66,90
Frete grátis!
Amazon.com.br
Preço atualizado em 9 de junho de 2024 14:36

1. Impacto na qualidade da iluminação

Saber o Número Guia do seu flash te dá um controle preciso sobre a iluminação da cena. Isso significa que você pode calcular exatamente a distância que o flash alcançará, bem como a quantidade de luz que ele emitirá. Isso é especialmente útil em ambientes com condições de luz desafiadoras, como um salão de festas mal iluminado ou um ambiente externo à noite.

2. Influência nas configurações da câmera

Entender esse número também pode ajudar você a fazer escolhas melhores sobre outras configurações da câmera, como abertura e velocidade do obturador. Ou seja, dominar o GN do flash torna todo o processo de tirar fotos bem mais previsível e sob seu controle.

3. Acessibilidade para todos

O melhor de tudo? Você não precisa ser um profissional para tirar proveito disso. Na verdade, essa é uma informação super acessível que fotógrafos de todos os níveis podem utilizar. Uma vez que você saiba como usar o Número Guia do flash a seu favor, você estará no caminho certo para tirar fotos mais profissionais e impressionantes.

Então, por que não dar uma chance e experimentar essa ferramenta incrível na sua próxima sessão fotográfica? Você vai ficar surpreso com o quanto algo tão simples – como uma chata conta de matemática – pode fazer uma diferença enorme.

Como usar o número guia do flash?

Com a fórmula que mostrei há pouco, você consegue descobrir a distância que o assunto deve estar longe do flash para que seja registrado com a iluminação mais adequada. Claro que nem sempre é possível parar para fazer contas e é provável que só consiga lembrar dessa continha quem estiver fotografando dentro de um estúdio. Mas é sempre bom conhecer esses “macetes”.

Seguindo a ideia da fórmula, você também consegue descobrir a abertura ou a distância mais adequada, caso você já saiba o GN correto. Basta lembrar das aulas de matemática e inverter a fórmula:

Distância = GN ÷ Abertura
Abertura = GN ÷ Distância

Vamos aos exemplos… Se o flash tiver GN igual a 12 e a maior abertura disponível da sua lente for 3.5, a máxima distância adequada será de 3,4 m (12 ÷ 3.5 = 3.4). Se você optar por uma abertura menor, 16 por exemplo, com o mesmo GN, a distância máxima será de 0,75 m (12 ÷ 16 = 0,75). Como chegamos a esse número? Dividimos o GN pela abertura da lente (12 ÷ 3.5 = 3.4).

Se optar por uma abertura da lente menor, digamos 16, com o mesmo GN, a distância máxima diminuirá para 0,75 m (12 ÷ 16 = 0,75). Mas por que isso acontece? Quando a abertura do diafragma é reduzida, a quantidade de luz que entra na lente diminui. Portanto, a distância efetiva do flash deve ser reduzida para compensar e evitar a subexposição.

Por fim, pode acontecer de o cálculo da abertura não bater com as medidas da câmera. Neste caso, você deve optar pelo valor maior e mais próximo ao resultado obtido, como quando um flash tiver GN igual a 38 e será usado para iluminar um objeto a 3,6 m de distância, a abertura que deverá ser usada será 11 (porque 38 ÷ 3,6 = 10,56). Não é tão difícil de entender, não é?

Calculadoras de Número Guia do Flash e mais

Olha só as belezinhas que eu criei especialmente para te ajudar! Esse post é muito antigo e eu tinha um link para uma calculadora de número guia para outro site, mas aquele site saiu do ar. Então, eu me esforcei para melhorar o conteúdo aqui e, de quebra, criei três calculadoras pra te ajudar!

A primeira delas é a clássica, para você descobrir qual número guia do flash vai precisar. Mas também tem outras duas para quando você quiser calcular a distância entre o flash e o assunto ou para quando precisar calcular a abertura do diafragma mais adequada. Espero que seja útil!

Calculadora de Número Guia do Flash

Distância do flash ao objeto (em metros):

Abertura (f-stop):

Número Guia necessário:

Calculadora de Distância

Número Guia:

Abertura (f-stop):

Distância necessária: metros

Calculadora de Abertura

Distância do flash ao objeto (em metros):

Número Guia:

Abertura necessária:

Conclusão

Espero que estas informações te ajudem. A ideia principal de saber fazer esses cálculos é compreender exatamente os limites do seu flash. Vale lembrar que a exposição correta também depende de outros fatores da cena. Por exemplo, paredes brancas em um ambiente fechado proporciona rebatimento da luz, iluminando melhor o assunto, enquanto que um ambiente aberto e escuro diminuirá a distribuição da luz (aqui você pode consertar fazendo uma compensação da abertura, com um ponto a mais).

Tentei não me estender demais na explicação e espero que tenha ficado compreensível o que é o número guia do flash e como aproveitar esse conhecimento para melhorar a sua fotografia. Pratique umas continhas, leia sempre o manual do seu equipamento e saia para fotografar, afinal a prática faz a perfeição!

Bons cliques a todos! 📸

4 comentários em “O que é o Número Guia do flash da câmera?”

  1. Olá! Eu só não consegui entender qual é a carga do flash que vou usar, a carga de base é 1/1?
    porque a fórmula me dá vários fatores, menos a carga que tenho que usar para iluminar corretamente!
    Desculpe se eu estiver equivocado!
    Obrigado e parabéns pela matéria.

    1. Olá, Fernando! Agradeço pelo seu comentário e pela leitura atenta do post.

      Entendo sua dúvida. Na verdade, o número guia (GN) não indica diretamente a carga do flash que você deve usar. Porque ele é mais uma medida que relaciona a abertura do diafragma, a distância e a intensidade de luz necessária para uma exposição correta.

      A carga do flash, muitas vezes definida como frações (como 1/1, 1/2, 1/4, etc.), geralmente é ajustada na própria configuração do flash. E a carga que você irá usar depende de vários fatores, incluindo a iluminação ambiente, o efeito desejado e a distância até o assunto.

      Para escolher a carga do flash adequada, é preciso pensar na situação específica da foto e fazer testes para encontrar a melhor configuração.

      Espero que isso ajude a esclarecer sua dúvida!

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *