Pular para o conteúdo

Você sabe como o flash funciona?

  • por

Conteúdo atualizado há 8 meses

É claro que você já usou, ou já viu algum fotógrafo usando, equipamentos para iluminar ou criar efeitos especiais em uma cena para fotografar, certo? Em sua forma mais básica, o flash é simplesmente a rápida liberação de energia sob a forma de luz e calor. Mas, você já se perguntou como o flash funciona?

Imagine que você está em uma festa e quer capturar um momento especial. A luz ambiente não é a melhor; os rostos estão sombreados e o cenário atrás de vocês está quase desaparecendo na escuridão. Então, você liga o flash da sua câmera e… “click!” De repente, o ambiente antes sombrio se ilumina como um palco, e o sorriso da sua avó fica tão claro quanto o seu amor por ela.

O que aconteceu nesse curto espaço de tempo é quase como mágica, mas é ciência pura e eu vou te ajudar a desvendar esse mistério…

Essa liberação quase instantânea de luz não ocorre por acaso. Dentro da sua câmera, há uma orquestra minúscula de componentes eletrônicos trabalhando em harmonia para criar essa explosão luminosa. E, neste post, vamos aprofundar como o flash funciona e como você pode usá-lo para aprimorar suas habilidades fotográficas.

Leia até o final para aproveitar as maravilhas que o flash pode fazer por suas fotos!

foto de um homem com câmera antiga para ilustrar como o flash funciona na fotografia
Descubra como o flash funciona e fotografe melhor | Foto: Adobe Stock

O básico sobre o flash das câmeras

A luz artificial do flash é conhecida como luz estroboscópica. Porque é uma série de pulsos de luz rápidos e brilhantes. Ou seja, é diferente da luz contínua, como a luz solar, por exemplo. Por isso, têm esse nome “flash”, porque joga uma fonte de luz que se apaga rapidamente, em um piscar de olhos.

Agora, pense na luz do flash como um feixe de uma lanterna gigante que parte da sua câmera. À medida que essa luz viaja para frente, ela também se alastra para os lados, formando uma pirâmide de iluminação. É muito parecido com o jeito que os faróis dos carros iluminam a estrada à noite, começando perto do veículo e se expandindo em direção ao horizonte.

O importante aqui é entender que dois fatores — potência e distância — comandam essa iluminação. Eles que definem como a luz vai atingir o assunto da sua foto. Dependendo do flash e das configurações da sua câmera, o assunto pode ficar muito mais iluminado do que o resto do cenário.

Mas nem todos os flashes são criados iguais. A eficácia do flash é determinada por três fatores, como:

  1. qualidade da lâmpada,
  2. tecnologia dos circuitos internos e
  3. potência da bateria.

Essas características podem fazer o preço do flash variar bastante, por isso existem tantas opções com preços diferentes no mercado. Então, como escolher o melhor flash para a sua câmera? Fique de olho no número guia do flash (guide number). É como se fosse a “nota crítica” do flash, indicando quão poderoso ele é.

Mas você sabe como essa luz se espalha?

Lei do inverso do quadrado na fotografia

Existe uma lei na física sobre a quantidade de luz que incide nos objetos com base na distância, conhecida como lei do inverso do quadrado. A teoria foi apresentada pela primeira vez no livro Princípios Matemáticos da Filosofia Natural, de Isaac Newton.

De acordo com o conceito, “a intensidade de radiação de uma fonte de luz, ou seja, a potência gerada por unidade de área, é inversamente proporcional ao quadrado da distância até a fonte de luz”. Em outras palavras, se a distância entre o objeto e o flash dobrar, apenas um quarto da quantidade de luz atingirá o objeto.

gráfico representando como o flash funciona, espalhando a luz na cena
Representação da lei do inverso do quadrado na fotografia

Ou seja, se você afastar o flash em dois metros, por exemplo, perderá 75% de luz no objeto. Quanto maior a distância, menor será a iluminação da cena. Isso acontece porque a luz se expande para frente e para os lados, criando um cone/triângulo, como na imagem acima.

É exatamente por isso que pode ocorrer grandes diferenças de iluminação na mesma fotografia, entre objetos mais próximos e mais distantes. Afinal, objetos próximos recebem mais luz que os mais distantes. No vídeo abaixo, o fotógrafo Renato Rocha Miranda explica muito bem esse conceito e é por todos esses detalhes que você precisa saber como o flash funciona.

Agora que você já entendeu o básico sobre este acessório luminoso, vamos entender a fundo como o flash funciona para tirar melhor proveito e fazer fotos melhores em qualquer situação.

Como o flash funciona na câmera?

O flash de uma máquina fotográfica é composto pelo corpo e a cabeça. O corpo é a estrutura que une e protege os elementos eletrônicos internos, e a cabeça é onde fica a lâmpada.

As pilhas ou baterias dão energia ao flash, mas não têm capacidade suficiente de acender a lâmpada rapidamente. Por isso, também tem um capacitor dentro do flash – é ele que armazena energia para fazer o disparo da lâmpada na velocidade que você precisa.

Você já deve ter ouvido um barulhinho quando liga o flash, né? Isso acontece porque o capacitor está sendo carregado. E é por isso também, que, em muitos modelos, você não consegue disparar várias vezes seguidas, já que precisam de tempo para puxar e guardar energia.

Em resumo, quando você aperta o botão de disparo, a energia acumulada no capacitor é enviada para acender a lâmpada. Ao mesmo tempo em que o obturador da câmera se abre. Esta luz ilumina a cena e reflete de volta para a câmera. Então, a luz do flash passa pela lente da câmera que faz a fotografia. Depois, o capacitor pega mais um pouco de energia das pilhas ou baterias e guarda para o próximo disparo.

Além disso, o flash eletrônico tem uma duração muito curta. A fonte de luz dura entre 1/1.000 e 1/50.000 segundos e a luz produzida possui a mesma temperatura da luz do sol. Por isso, podemos descartar o uso de filtros de correção quando estiver usando configurações daylight, por exemplo. E, normalmente, as configurações são feitas na própria câmera ou no flash, com diferentes posições para diferentes modos de flash. Por exemplo, pode haver uma posição de “flash desligado” e uma posição de “olhos vermelhos”.

Com configurar e escolher o melhor flash para você

Agora vou dar algumas dicas extras para você que já entendeu como o flash funciona, mas ainda precisa de mais detalhes como por exemplo os tipos de flash que existem, quais modos de uso e, claro, como escolher o melhor flash para você e sua câmera. Então, confira as próximas dicas:

  1. Tipos de flash para sua câmera;
  2. Modos de flash: encontre o seu estilo;
  3. Guia rápido para escolher o flash certo.

1. Tipos de flash para sua câmera

A iluminação é um dos elementos mais cruciais na fotografia, e o flash é um de seus melhores amigos. Mas você sabia que todos os flashes não são criados igualmente? Então, vou resumir os diferentes tipos de flash para que você saiba qual é o melhor para suas necessidades.

  • Flash Embutido: este é o flash mais simples e que você já encontra na sua câmera ou smartphone. Ele é útil em situações de emergência, mas frequentemente produz luz dura e direta, que não é ideal para todos os cenários.
  • Flash Externo: também conhecido como “Speedlite” ou “Speedlight,” este flash se monta na parte superior da câmera. Ele oferece mais controle sobre a direção e a qualidade da luz. Você pode apontá-lo para o teto ou uma parede para criar efeitos de iluminação mais suaves e naturais.
  • Estúdio Flash: este é o tipo de flash que você verá em dentro de estúdios profissionais. Eles são muito mais poderosos e oferecem a máxima flexibilidade em termos de configurações de iluminação. Também estão disponíveis em em vários formatos para criar inúmeras possibilidades de iluminação em estúdio.

Agora que você conhece os principais tipos de flash, é mais fácil escolher o certo para suas necessidades, seja você um fotógrafo amador ou um profissional. Agora vamos entender um pouco sobre os modos do flash.

2. Modos de flash: encontre o seu estilo

É como ter vários temperos na cozinha. Cada modo de flash adiciona um sabor diferente às suas fotos. Vamos explorar como você pode usar esses modos para melhorar suas habilidades de iluminação.

  • TTL (Through The Lens): este modo é como o piloto automático da iluminação. A câmera faz todo o trabalho pesado, medindo a luz e ajustando o flash automaticamente. Ideal para iniciantes ou situações em ritmo acelerado.
  • Manual: quando você quer ser o chef de sua própria cozinha fotográfica, o modo manual é para você. Com ele, você define a potência do flash, a duração e até a direção da luz.
  • Sync de Alta Velocidade (HSS): imagine querer capturar alguém em movimento, mas também querer manter o fundo bem iluminado. É aqui que o HSS entra, permitindo que você use velocidades de obturador mais rápidas junto com o flash.

Entender os diferentes modos de flash é importante para que você possa tirar melhor proveito da iluminação que estiver disponível. Agora vou dar mais algumas dicas de como você pode escolher o melhor flash para sua câmera.

ilustração de um estúdio moderno onde um fotógrafo está configurando dois flashes direcionados a uma mulher

Na ilustração, o fotógrafo preparou dois flashes que estão direcionados a uma modelo. As linhas pontilhadas emanando dos flashes destacam a trajetória e dispersão da luz. É notável a interação entre as luzes, com áreas de sobreposição indicando pontos de maior intensidade luminosa. Esta imagem exemplifica a complexidade da iluminação em estúdio e a necessidade de entender como diferentes fontes de luz podem interagir entre si.

3. Guia rápido para escolher o flash certo

Escolher o flash certo pode ser tão pessoal quanto escolher um perfume. É uma mistura de necessidade, estilo e orçamento. Mas, para escolher a melhor opção, você pode analisar três aspectos:

  1. Tipo de Fotografia: se você adora tirar retratos, talvez um flash externo seja o ideal para você. Para configurações de estúdio, flashes de estúdio mais poderosos podem ser mais adequados.
  2. Potência e Alcance: o número guia, que citei anteriormente, é como o rótulo nutricional para flashes. Ele lhe dá uma ideia de quão poderoso é o flash e o quão longe ele pode alcançar.
  3. Compatibilidade: é fundamental garantir que o flash seja compatível com sua câmera. Verifique especificações e, se possível, teste antes de comprar.

Saber como escolher o flash certo é um investimento no sucesso das suas fotos. Leve em consideração suas necessidades específicas e você encontrará o flash que é o parceiro ideal para sua câmera.

Conclusão

E assim chegamos ao fim deste guia sobre como o flash funciona na fotografia. Entender a mecânica e as possibilidades que vêm com o uso de diferentes tipos e modos de flash é fundamental para qualquer pessoa buscando melhorar suas habilidades fotográficas. Este não é apenas um complemento, mas uma ferramenta poderosa que, quando usada corretamente, pode trazer uma nova dimensão às suas imagens.

Agora que você está equipado com um entendimento sólido de como o flash funciona, o próximo passo é a aplicação prática. Não deixe de experimentar, seja brincando com diferentes modos de flash ou ajustando a potência e a direção da luz. Como em qualquer área, a prática é a chave para a mestria. Cada clique do obturador é uma oportunidade para refinar suas habilidades e aplicar seu conhecimento recém-adquirido.

Para realmente dominar a arte da iluminação na fotografia, é importante continuar aprendendo e adaptando-se. Há sempre novas técnicas, equipamentos e atualizações que podem ajudá-lo a elevar suas fotos a um novo patamar. Lembre-se, o aprendizado é um caminho contínuo, e você está apenas começando a descobrir as maravilhas que podem ser criadas com um entendimento completo de como o flash funciona.

Se quiser aprender ainda mais sobre fotografia, aproveite para ler outros posts aqui do blog. Se quiser uma recomendação, há um muito interessante com diversas curiosidades sobre fotografia para você se divertir. Obrigada por ler e te encontro no próximo post!

2 comentários em “Você sabe como o flash funciona?”

Deixe sua opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *